Botafogo e Instituto da Criança marcam gol a favor da responsabilidade social em comunidade

Botafogo e Instituto da Criança marcam gol a favor da responsabilidade social em comunidade

Desenvolver ações de responsabilidade social, fortalecendo o relacionamento com a comunidade do Santa Marta, é o objetivo do clube Botafogo, por meio do projeto Estrela Solidária, e do Instituto da Criança. Para isso, parte dos colaboradores de ambas organizações, comandante da UPP, além da equipe do programa de saúde e professores de jiu jitsu se reuniram nesta quarta-feira, dia 20, para a reinauguração do Centro Esportivo da região. Com patrocínio da Puma, a inciativa faz parte dos serviços prestados pela consultoria em Responsabilidade Social Corporativa do Instituto da Criança. A reinauguração contou com a apresentação do espaço após a reforma, da placa mostrando a parceria, além dos discursos do presidente do Botafogo, Maurício Assumpção; do presidente do Instituto da Criança, Pedro Werneck, e do representante da Puma, Bruno Eleal. Logo após, as crianças da comunidade praticaram jiu jitsu, demonstrando o que aprenderam com o projeto. Para Maurício Assumpção, a iniciativa é uma oportunidade fantástica para todos os envolvidos: “Não há felicidade maior! Que bom que o clube Botafogo está fazendo parte dessa parceria, desse ambiente saudável e extremamente importante dentro dessa comunidade. Espero que esse seja só o primeiro e que muitos outros projetos possam vir depois dessa nossa largada”, destaca o presidente do clube.

Fechando o dia, foi realizada a formatura do Espaço Cidadão, projeto desenvolvido pelo Instituto da Criança, no Solar das Palmeiras, também no bairro de Botafogo. A turma, que contou com a participação de 27 adultos, oriundos da comunidade Santa Marta, teve o patrocínio do clube Botafogo e da Puma. Ao final da cerimônia, os participantes receberam cestas de alimento, além de brindes doados pela Puma e Botafogo.

One thought on “Botafogo e Instituto da Criança marcam gol a favor da responsabilidade social em comunidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *